SAI DA TUA TERRA

PR. ALEJANDRO BULLÓN

"O texto para a mensagem de hoje encontra-se em Gênesis 12:1 a 5: "Ora disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção: abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra. Partiu, pois, Abrão, como lho ordenara o Senhor, e Ló foi com ele. Tinha Abrão setenta e cinco anos quando saiu de Harã. Levou Abrão consigo a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e todos os bens que haviam adquirido, e as pessoas que lhe acresceram em Harã. Partiram para a terra de Canaã; e lá chegaram."

A vida tem que ser uma vida de constante crescimento. Nunca devemos parar de crescer. Nunca devemos fechar-nos naquilo que sabemos e supor que não há outros horizontes para avançar. O nível de conhecimento e de crescimento que você atingiu hoje, não é o nível de conhecimento e crescimento para onde Deus quer levar você. Então, não se deixe cair no terreno da mediocridade. Nunca se conforme com o que já sabe. Nunca pense que não há novas terras, novas montanhas e novos horizontes para conquistar.

Abrão tinha setenta e cinco anos de idade. Não era um garoto de quinze anos que estava querendo experimentar de tudo. Não era um jovem de vinte e cinco anos que buscava aventuras e desafios. Não era um homem de trinta anos, que com coragem enfrentava a vida. Abrão era um velhinho de setenta e cinco anos. Quando um dia, o Senhor disse a Abrão: "... Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai (dos teus avós, dos teus bisavós), e vai para a terra que te mostrarei." (Gênesis 12:1)

Amigo querido, sempre há uma terra melhor para onde o Senhor quer nos levar. O problema é que não é fácil deixar a terra dos pais, os amigos, as tradições, os costumes. Não é fácil deixar o estabelecido e partir, como Abrão, pela fé, sem saber para onde ía. Apenas confiando na mão poderosa e na palavra guiadora de Deus, que lhe disse: "Eu te levarei para uma terra de bênçãos. Você não pergunte, saia."

O problema, querido, é que não é fácil deixar a terra do conhecimento que já temos para avançar na penumbra daquilo que não vemos, simplesmente pela fé. O ser humano inconscientemente tem medo de crescer, porque o crescimento envolve mudança e a mudança envolve dor. Não existe crescimento sem dor. Mas você nunca chegará à terra que Deus lhe mostra, sem dor. Só que o homem não foi criado para sofrer. Ele rejeita a dor e é por isso que não é fácil aceitar o desafio: "Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, e vai para a terra que te mostrarei." (Gênesis 12:1)

A pergunta agora é: Como é que Deus lhe mostrará a Terra? Como é que Deus o levará para onde Deus quer que você vá? Através do sermão de um pastor? Através de um livro escrito por um homem? Através de um amigo? Através dos pais? Deus só tem uma maneira de lhe mostrar a Terra. E esta única maneira é a Palavra de Deus. É o único guia seguro, não acredite em seres humanos. Eu sempre digo: não confie em tudo que eu falo, sem conferir se aquilo que eu estou falando, está escrito na Palavra de Deus. Se algum dia, porventura, começar a ensinar alguma coisa que não está na Palavra de Deus, não perca seu tempo com o que digo. Só ela, a Palavra de Deus, é o mapa seguro. Não é a igreja, não é a religião, não é o pastor, não são os pais, não são as tradições, não são os avós e bisavós. É a Palavra de Deus. Não é o líder religioso, não são os amigos e as amigas. Deus só poderá lhe mostrar a terra, para onde Ele quer levá-lo, através da Palavra de Deus.

Eu sei que não é fácil seguir a Palavra de Deus. O dia que você, com humildade em seu coração, abrir este Livro e disser: "Senhor, leva-me, por onde Tu queres, mostra-me, o caminho", seus olhos abrir-se-ão à verdades que você não conhecia. Você vai tremer dentro do coração. Nem sempre a Palavra de Deus vai levá-lo pelo caminho que toda a humanidade está seguindo. Não! A Palavra de Deus vai conduzi-lo na contra-mão da vida. Está escrito em Mateus 7:13 e 14: "...larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz para a perdição... porque estreita é a porta e apertado o caminho que conduz para a vida..."

É por isso que não é fácil abrir a Palavra de Deus e obedecê-la. É mais fácil abrir a Palavra de Deus e tentar acomoda-la à nossa maneira de pensar, de ser e de viver.

A humanidade toda vai descendo para o vale enquanto Deus vai levando Seus filhos para as montanhas. Aí está a diferença. Ir para o vale é muito simples. A própria lei da gravidade o leva para baixo. Mas, tente subir. Não é fácil. Seus pés sangram, você fica cansado, sua, muitas vezes tem que sentar para descansar. Muitas vezes rola, escorrega. Muitas vezes você desanima. Não é fácil subir a montanha. É mais fácil descer para o vale. É por isso que multidões e multidões descem e são poucos os que aceitam o desafio de subir a montanha. Mas Jesus disse: "...Sai da tua terra, da tua parentela... e vai para a terra que te mostrarei... Sê tu uma bênção." (Gênesis 12:1 e 2)

"Embora você tenha que sofrer, não tenha medo, porque por onde você passar Eu estarei. Você nunca estará sozinho."

Querido, alguma vez você abriu a Palavra de Deus e confrontou-se com uma verdade bíblica e em seguida você tentou fechar a Bíblia e dizer: "Está escrito, mas não deve ser assim. Não pode ser assim. Não tem que ser assim. Não precisa ser assim, porque minha igreja disse que não, porque meu pastor disse que não, o meu padre disse que não, porque meus pais dizem que não, porque meus avós não acreditaram assim, porque meus bisavós não pensavam desta maneira. Mas, quando você deita na cama o martelo bate em sua consciência porque você lembra o que estava escrito. Você leu, ninguém lhe contou. Ninguém tentou fazer sua cabeça. Não tem para onde ir. E o Senhor Jesus diz: "... Vai para a terra que Te mostrarei." (Gênesis 12:1)

Como lhe mostrará? Através da Palavra de Deus. Só que, sair da terra é muito difícil. Porque, de repente, os amigos começam a caçoar da sua fé, a zombar daquilo que você acredita e quando não conseguem, começam a persegui-lo. Viram-lhe as costas e muitas vezes você tem que abandonar o lar. Quantas esposas foram expulsas pelos maridos porque decidiram caminhar em direção à terra que Deus lhes estava mostrando através de Sua Palavra. Quantos jovens foram expulsos de casa por quererem seguir os princípios da Palavra de Deus. Quantas pessoas foram expulsas das suas Igrejas por quererem seguir os conselhos da Palavra de Deus.

Querido, se você é um filho sincero de Deus, nunca deve estar fechado para as verdades que Deus quer lhe mostrar. Vou dizer algo que vai assustá-lo: membro da Igreja à qual eu pertenço, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, com todo o amor, respeito e carinho que eu tenho pela Igreja da qual sou um pastor, eu quero que entenda o seguinte: a Igreja Adventista do Sétimo Dia não é dona da verdade. Coloque isto bem claro na sua mente. Igreja nenhuma neste mundo é dona da verdade, sabe por quê? Só Jesus é a verdade e Sua vontade está registrada na Palavra de Deus. E se eu perceber um dia que minha Igreja se fecha para as verdades escritas na Palavra de Deus, então teria que seguir a Palavra de Deus e não minha Igreja.

A Igreja Adventista não acredita que a verdade que conhece até aqui é tudo que Deus tem para revelar e portanto, deve se fechar para maiores revelações. Com humildade, nossa mente está aberta para dizer: "Senhor, mostra-nos mais verdades. Se algumas destas verdades que estão em Tua Palavra, vão contra tudo aquilo que nós cremos, ajuda-nos a ser humildes para aceitarmos a Tua Palavra e não defender apenas uma instituição. Por isso, acredito nesta Igreja e por isso decidi entregar a minha vida para pregar o Evangelho desta Igreja."

Querido, igreja nenhuma neste mundo é dona da verdade. O ser humano tem que estar pronto para continuar crescendo.

Outro dia estava falando com uma pessoa cheia de perguntas, inquietudes, de interrogações e eu lhe mostrei a Palavra de Deus. Ele me perguntava e eu lhe respondia. Abria a Bíblia e ele lia, sacudia a cabeça e perguntava novamente. Eu lhe mostrava a Palavra de Deus e ele lia. De repente, vi lágrimas nos seus olhos. Era um homem sincero, de bom coração que estava buscando a verdade. De repente, ao começar a ler a Bíblia, apareceram inquietudes, dúvidas, interrogações. E agora, ao mostrar-lhe mais e mais versos da Bíblia, seus olhos encheram-se de lágrimas e me disse: "Pastor, quer dizer que toda a minha vida estive errado?" "Não" - respondi-lhe. "Você não esteve errado. Você está crescendo. E enquanto estivermos vivos, nunca paramos de crescer."

É isso que eu digo ao meu Deus, quando oro pessoalmente: Senhor, ajude-me a nunca pensar que a verdade que eu conheço agora, é a palavra final. Não! Ajude-me a ter a mente aberta para que se Tu tens uma outra verdade, na Tua Palavra, que eu seja humilde o suficiente para aceitar o Teu caminho, porque a voz de Deus é: "...Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, e vai para a terra que te mostrarei." (Gênesis 12:1)

Sei que não é fácil deixar uma etapa da vida, para começar outra. Tenho quatro filhos jovens, quando um deles era pequenino, ganhou um canguru recheado de chocolate. O presente eram os chocolates, o canguru era a embalagem. Em pouco tempo ele acabou com os chocolates mas ficou com o canguru. Ele se apegou tanto a esse canguru, que se tornou seu brinquedo favorito. No início era um brinquedinho até bonitinho, mas com o tempo, o canguru começou a ficar velho, surrado e disforme. Mas, ele não largava o canguru para nada. Dormia com o canguru, ía para o banheiro com o canguru, tomava banho com o canguru. Saía para a rua com o canguru. O tempo foi passando e o canguru ficava cada vez mais feio. Mas ele nunca mudava de brinquedo. Quantas vezes compramos outros brinquedos bonitos. Ele aceitava os novos, mas não soltava o velho canguru. Chegou o dia de ir para a escola e ele quis que o canguru fosse junto. Tentamos convencê-lo: "Filhinho, você não pode levar este canguru velho com você." "Então não vou para a escola. Eu só vou se levar o canguru", disse ele. O que podíamos fazer? Ao meio-dia ele voltou chorando pra casa.

Na manhã seguinte, tivemos que conversar muito com ele: "Filhinho, chegou o momento de você crescer. Você era uma criancinha, agora tem que ir para a escola, tem que aprender a ler e escrever. Depois vai entrar para o Segundo Grau, depois vai para a Faculdade. Vai casar, vai ter um filhinho, enfim, a vida continua. Já fui uma criança como você. Já tive meu brinquedo favorito. Mas você não me vê mais com um brinquedo, porque já cresci. Então chegou o momento de você deixar o canguru e ir para a Escola". A cabecinha dele entendeu mas o coração não. A cabeça lhe dizia: chegou a hora de partir para uma nova etapa da vida, mas o coração não entendia.

Eu vi aquele garoto de seis anos despedir-se do canguru. Quando segurei a mãozinha dele, ficou olhando o canguru. Ele não chorou, mas seus olhos brilhavam. E começou a sair, olhando para trás. O canguru era uma etapa da vida, que tinha ficado para trás. Estava começando outra etapa. Hoje, esse garoto já é um jovem e trouxe muitas alegrias para o nosso coração.

Estarei falando para alguém que através da Palavra de Deus, já viu a terra que Deus está lhe mostrando, mas não quer deixar o canguru? A sua cabeça diz que sim, mas, e os amigos, os pais, os irmãos? Tanta gente querida, tantas tradições. Mas a voz de Deus diz: "Sai da tua terra... vai para a terra que te mostrarei." (Gênesis 12:1)

Talvez você me diga: Se eu fosse um jovem de vinte anos até que tomaria a decisão. Mas, Pastor, já estou com setenta anos. Já é muito tarde para sair.

Responda-me, então, quantos anos tinha Abrão quando ouviu a voz de Deus dizendo "Sai da tua terra... vai para a terra que te mostrarei"? (Gênesis 12:1) Quantos anos tinha? Setenta e cinco anos. Mas ele saiu. E em Hebreus, capítulo 11, na galeria dos homens de fé, encontramos o nome de Abraão registrado com estas palavras: "Pela fé Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia." (Hebreus 11:8)

Por que você tem medo de sair? Por que você tem medo de partir pela fé? Outra coisa que me impressiona é que Abrãao não saiu sozinho. Ele levou sua esposa e como não tinha filhos, levou o sobrinho Ló, filho de seu irmão. Estarei, neste momento, falando para alguém que quer sair mas não quer levar seu filho consigo? Estarei falando para um filho que não quer acompanhar os pais? Para uma esposa que não quer acompanhar o marido? Para um marido que não quer acompanhar a esposa? "Sai da tua terra, (deixa as tradições) vai para uma terra que te mostrarei." Não tenha medo!

O texto bíblico diz que Abraão chegou e dali passou a um monte a oriente de Betel, subiu a montanha e construiu ali um altar. Sabe, querido, por algum motivo as montanhas são símbolos relacionados com Deus e Sua Igreja. Foi numa montanha que Deus escreveu os princípios de Sua Eterna Lei. Eu, como ser humano, não tenho condições de viver à altura dos elevados princípios que foram escritos na montanha do Sinai. Não posso. Mas, então, Jesus veio a este mundo e subiu outra montanha e lá na montanha do Calvário Ele morreu, para me dar poder a fim de viver os princípios escritos na outra montanha. Se não existisse o Sinai não havia porque existir o Calvário. Se você quer viver os princípios do Sinai, sem o Calvário, está caminhando para a morte. Mas, se você quer levantar o Calvário e esquecer dos princípios do Sinai, está caminhando também para a morte. É o Calvário quem dá vida ao Sinai. Mas é o Sinai que expressa os princípios, pelos quais Jesus morreu no Calvário. É do Calvário que vem a graça, é do Calvário que vem a salvação, é do calvário que vem o poder, para poder viver a altura dos elevados princípios do Sinai. Sinai e Calvário são uma só coisa. É da montanha que vem o nosso socorro. Estávamos perdidos e condenados à morte, foi da montanha do Calvário que veio o nosso socorro, a nossa salvação. Por isso disse Davi: "Elevo os olhos para os montes: de onde me virá socorro?" (Salmo 121:1)

É por isso que Abrãao subiu a montanha e construiu um altar e é por isso que Deus está levando Seus filhos para a montanha. Enquanto multidões descem o vale, procurando o mais fácil, Deus está chamando os Seus filhos para a montanha. "...Sai da tua terra... para a terra que te mostrarei." (Gênesis 12:1)

Você está pronto para sair e continuar crescendo? Está disposto a abrir a Palavra de Deus e pedir a Deus que lhe mostre para onde quer levá-lo? Está disposto a abrir o coração a Jesus e dizer: "Senhor, leva-me pelos caminhos que Tu sabes onde devo ir?" Ou você pensa que o conhecimento que tem até aqui é tudo o que você precisa? Você pensa que Deus não tem outros horizontes? Você pensa que você ou sua Igreja são os donos da verdade? Onde está a verdade? Na sua Igreja ou na Palavra de Deus? Para onde Deus quer levá-lo? Para onde você quer ser levado por Jesus?

 

ORAÇÃO

Querido Pai, obrigado porque a Tua Palavra é um guia seguro que nos mostra o caminho da Salvação. Ajuda-nos a ser sensíveis à Tua voz e a deixar-nos guiar por Ti. Ouve a oração sincera de todas as pessoas que neste momento estão com o coração aberto. Em nome de Jesus, amém.