AVOZ DA PROFECIA

Pr NEUMOEL STINA

 

O PERIGO DE DEIXAR PARA DEPOIS

VP 7190

 

 

Você já entregou o seu coração à Jesus? Ou você acha que mais tarde será um bom momento? Acha que deve viver a vida, e só depois entregar à Jesus o seu coração?

 

O título da palestra de hoje é: O PERIGO DE DEIXAR PARA DEPOIS, e é uma conversa de coração a coração com os nossos ouvintes que ainda não se entregaram a Deus.

 

Provavelmente muitas pessoas, reconhecem que as Escrituras são a verdade, que o caminho do Senhor é o caminho da justiça. Têm o propósito de entregar a vida a Deus e trilhar o caminho do Senhor, mas, adiam a decisão.

 

Deixam para mais tarde a entrega ao Salvador. Pensam, que amanhã, as circunstâncias serão mais favoráveis.

 

Alguns dizem: Sempre há oportunidade no futuro. Outros acham que ainda não têm muita vontade, e que Deus um dia vai, como que força-los a serví-Lo. Outros, pensam que mesmo depois da morte há oportunidade de salvação.

 

Mas, a palavra de Deus a todos os homens é: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações”. Hebreus 3:15. E ainda lemos em II Coríntios 6, o verso 2: “Eis agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação.”

 

Ninguém de nós põe em dúvida a sabedoria de Cristo e o Seu interesse pelo bem presente e eterno de cada pessoa. Pois aqui está a Sua palavra a este respeito: “ mas buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas (as coisas necessárias à nossa vida) vos serão acrescentadas”. Mateus 6:33

 

O Reino de Deus,  e a justiça de Deus,  devem constituir o supremo objetivo da vida. Devemos buscá-los primeiro, antes de tudo mais. Devemos buscá-los no tempo presente, no tempo que dispomos hoje, agora. O amanhã não nos pertence.

 

É perigoso deixar para depois, no que diz respeito à vida futura.

1. Em primeiro lugar é perigoso, porque apenas um momento de tempo nos separa da eternidade. O apóstolo Tiago escreve: “Eia pois agora vós, que dizeis: Hoje, ou amanhã, iremos a tal cidade e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucro. Vós  não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como uma neblina que aparece por um instante, e logo se dissipa. Em vez disso devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo.” Tiago 4: 13-15.

 

A vida é incerta e depois da morte não há salvação. A morte é a cessação da vida. Os mortos voltarão a existir na ressurreição final, mas, para receber o galardão. Uns a vida eterna, outras a morte eterna.

 

O Senhor Jesus Cristo disse: “Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz.

 

E os que fizeram o bem sairão para a vida; e os que fizeram o mal para ressurreição da condenação.” João 5:28, 29.

 

2. Deixar para depois é perigoso porque o coração pode ser endurecido, e resistir ao chamado. Cada resistência ao apelo do Céu torna mais fácil a resistência seguinte. Cada rejeição torna mais difícil a aceitação do Senhor, mais provável a seguinte rejeição. Isto é uma lei natural. O que fazemos uma vez é mais fácil de fazer outras vezes.

 

O pecado tem poder de enganar. Ele dá impressão de segurança. Faz o homem sentir que pode esperar. O pecado leva o homem a resistir à voz de Deus, vez após vez, e ao endurecimento do coração.

 

Em Romanos 7.11, nós lemos: “Porque o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou, e por ele me matou.” E mais: “Que, quanto ao trato passado vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano.” Efésios 4:22.

 

Há pessoas que dizem: Eu já quis servir a Deus, hoje não quero mais. Tais pessoas reconhecem a beleza do caminho do Senhor, mas perderam o desejo de andar nele.

 

Para os que estão em tal condição, ainda há esperança. Clamando a Deus serão atendidos. Deus dará “ tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” Filipenses 2:13

Mas “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações.”

 

3. Há perigo em deixar para depois, porque vem vindo o dia em que a obra da salvação será encerrada, e a porta da graça de Deus será  para sempre fechada.

 

Em Apocalipse no capítulo 22, nos versos 11 e 12 lemos: “Quem é injusto, faça injustiça ainda; e que está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.”

 

O decreto divino pondo fim à obra do Evangelho, entrará em vigor pouco antes da volta de Cristo. Os sinais da volta de Cristo têm seu cumprimento nas condições atuais do mundo. O fim do reino do pecado está perto. O Senhor Jesus não tardará a voltar.

 

Muitos crêem que Deus é demasiado misericordioso para deixar de salvar. Realmente, Deus é misericordioso. A Bíblia diz que Ele “é muito misericordioso o bondoso.” Tiago 5:11

 

Quando Jesus esteve aqui na terra,  Ele disse: “O que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei for a”. João 6:37.

 

Todo o que vai a Deus com sinceridade de coração alcança socorro.

Mas, Deus tem um tempo para todas as coisas. Ele tem o Seu “ano aceitável” (Lucas 4:19), um tempo de graça para todo pecador. Findo esse tempo, terminará  a obra de salvação.

 

Querido amigo ouvinte: Deus o chama. Jesus espera você de braços abertos. Pode ser que você  ainda está adiando a sua entrega a Ele.

 

Mas é bom lembrar que há perigo em demorar. Decida então agora ficar ao lado de Jesus. Não tenha medo do futuro. Deus ficará sempre ao seu lado, segurando sua mão, o abraçando e carregando-o no colo, se assim for preciso.

 

Dê hoje mesmo o seu coração a Jesus.

Deus diz: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar.” Isaías 55: 6,7.